Natal terá ações no Dia Mundial Sem Carro

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) e parceiros, realiza nesta sexta-feira (22) o Dia Mundial Sem Carro. Além de incentivar o transporte individual, o evento vai promover um passeio ciclístico especial saindo da Arena das Dunas até a rotatória de Ponta Negra com retorno ao ponto de saída, entre 19h e 22h. O evento tem apoio também do Programa Vida no Trânsito, ACIRN, Bike Anjo, CBTU, Correios, UFRN e Bombeiros.

De acordo com o arquiteto Carlos Milhor, do Departamento de Engenharia de Trânsito da STTU, a ideia principal “é incentivar os deslocamentos urbanos sem o uso do carro e promover outros modos de viagens urbanas como a é, bicicletas, patinete, skate, patins, ônibus e trens.”

Dados da da Organização Mundial da Saúde revelam que mais de 90% das pessoas em todo o mundo respiram ar impróprio, causando 6,7 milhões de mortes anualmente. Além disso, outras 1,35 milhão de pessoas são vítimas de sinistros de trânsito em todo planeta. Esses índices alarmantes, que envolvem ainda os óbitos causados por sedentarismo, é provocado principalmente pelo o uso excessivo do carro particular. Refletir sobre esse diagnóstico e repensar a forma como estamos nos movimentando dentro das cidades é um dos objetivos do evento “Dia Mundial Sem Carro”.

De acordo com Milhor, a data é também uma oportunidade para o comércio local realizar promoções e descontos com produtos ligados à mobilidade ativa como bicicletas, tênis, skates, acessórios e construir um futuro mais limpo e verde na cidade.

Um sistema de transporte adequado reduz a poluição do ar, minimiza os sinistros fatais no trânsito e melhorar a qualidade de vida e saúde das pessoas. O uso do transporte público, por exemplo, emite significativamente menos poluição do que os veículos particulares. Estudo apresentado na edição 2023 da Cimeira dos Transportes Públicos da UITP em Barcelona (Espanha) revelou que se o planeta duplicar a utilização dos transportes públicos (bus, metrô, volt, trens) até 2030 reduzirá a poluição atmosférica proveniente dos automóveis particulares em até 45%.

Aliada a questão ambiental, o próprio fomento ao Transporte Público e a mobilidade ativa criará dezenas de milhões de empregos no planeta com o incentivo para uma cadeia produtiva que nasce desde do fabricante de tênis, bikes até a indústria de grande monta responsável pelo produção de ônibus, trens, metrôs, vlt´s e componentes.

Os investimentos se pagam e ao mesmo tempo os governos devem apoiar os cidadãos na transição do automóvel particular para o transporte público e a mobilidade ativa