Enrocamento da Praia de Ponta Negra deve ser entregue até segundo semestre de 2024, diz Seinfra

A obra de enrocamento da praia de Ponta Negra conta com uma faixa de 400 metros de blocos concluídos, de um total de 1.700, de acordo com a Prefeitura de Natal. Os blocos são utilizados para criar a estrutura que faz parte do projeto de proteção costeira da área que é cartão postal da capital potiguar. A previsão, segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), é de que a obra seja entregue antes do segundo semestre de 2024.

A licença para enrocamento foi entregue à Prefeitura desde outubro passado, aprovado pelo Idema. Já o projeto da engorda aguarda LP do órgão ambiental para ter início, depois que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) chegou ao entendimento de que o órgão estadual é que irá licenciar esta parte da obra, que visa a conter a erosão marinha da praia.

O investimento total dos dois projetos é orçado em R$ 100 milhões. São três etapas previstas, a primeira é o processo de enrocamento pelos blocos de pedras colocados ao longo da praia para proteger o calçadão do avanço do mar. O projeto ainda prevê a construção de sete escadas e quatro rampas de acesso à praia, onde serão investidos R$ 23,5 milhões.

Segundo o titular da Seinfra, Carlson Gomes, a obra do enrocamento é essencial para o projeto de engorda com o alargamento da faixa de areia para reduzir a erosão do Morro do Careca e retomar o turismo de Ponta Negra.

Confira mais detalhes na matéria da Tribuna do Norte.