Contribuintes correm contra o tempo e aproveitam mutirões para declarar IR em Natal

Quem ainda não declarou o Imposto de Renda Pessoa Física 2023 tem mais uma oportunidade para prestar contas com o leão. Nesta quarta-feira (24), a Universidade Potiguar (UnP) realiza mais um mutirão gratuito, em Natal. A ação acontece na Praça de Alimentação da Unidade Salgado Filho, na zona Sul, das 9h às 17h, e é realizada pelo Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF), do curso de Ciências Contábeis da instituição.

Para saírem com a declaração em mãos, os participantes devem levar consigo os documentos necessários: informes de rendimentos, comprovantes de despesas e recibos de pagamentos.

A declaração do IRPF 2023 deve ser enviada até 31 de maio e realizada pelo contribuinte que teve rendimento anual de até R$ 40.000,00 no ano anterior, não realizou movimentações de investimentos e ganhos de capital, possui uma única fonte de rendimento e não tem pensão judicial.

Corrida contra o tempo

Iniciativas como esta têm incentivado os retardatários a declarar o Imposto de Renda da forma correta, ou seja, sem que caiam na malha fina, que é quando a Receita Federal encontra inconsistências nos dados enviados.

Segunda a coordenadora do NAF, professora Rossana Medeiros, cair na malha fina implica diversos prejuízos. “Pagar multas calculadas usando como base o imposto devido, ser denunciado por crimes de sonegação fiscal, gerar desconfiança no Fisco pelos próximos anos, não poder tirar ou atualizar o passaporte, não poder abrir conta em banco, não poder realizar financiamentos ou empréstimos, além de ser impossibilitado de assumir cargos públicos”, alerta a especialista.

“Diferente de 2022, deixei para declarar o meu imposto de renda agora em maio, no último mês. Agora preciso reunir toda a documentação e entregar a declaração correta ou o leão me pega”, brinca a aposentada.

FONTE: blogdajuliska.com.br