Potiguar de 7 anos é campeão brasileiro de xadrez

O maior destaque do Rio Grande do Norte no Campeonato Brasileiro de Xadrez (Fenac & Fenaj 2023), realizado em Natal, de 3 a 7 de maio, foi Benjamim Guedes Morais, da categoria Sub-8, que sagrou-se campeão do Brasil no ritmo rápido e o segundo melhor do país nos estilos blitz e clássico. A conquista valeu a classificação para o Mundial, no Egito, em outubro deste ano.

Outros potiguares também se destacaram no maior evento nacional de categorias de base. O heptacampeão Theo Magalhães conquistou a medalha de prata no ritmo rápido, na categoria Sub-12, enquanto o seu irmão Enzon foi o terceiro melhor do Brasil, no mesmo estilo, só que na categoria Sub-16. O RN ainda teve Otávio Rocha Oliveira conquistando a medalha de bronze no ritmo blitz, no Sub-6, e o terceiro lugar de Giovanni Tavares, no rápido, Sub-16, encerrando com a medalha de bronze de José Carlos da Silva Santos, no rápido, Sub-20.

O Festival Nacional da Criança (FENAC) e o Festival Nacional da Juventude e Juvenil (FENAJ), envolvendo as categorias do Sub-6 ao Sub-20, foi realizado pela segunda vez em Natal/RN e registrou um aumento significativo no número de participantes, reunindo mais de 300 enxadristas de 21 estados na capital potiguar. “O evento foi excelente, cresceu 30% no número de inscritos em relação a 2022 e só tivemos avaliações positivas e boas sugestões para a edição do ano que vem”, disse o presidente da Confederação Brasileira de Xadrez (CBX), Máximo Igor Macedo.

Os resultados de todas as categorias podem ser conferidos no site https://chess-results.com. Os campeões do Sub-8, Sub-10 e Sub-12 estão classificados para o Campeonato Mundial, no Egito. Os vencedores do Sub-14, Sub-16 e Sub-18 se classificaram para o Mundial, na Itália. E os campeões das categorias sub-20 para o Mundial no México.

FONTE: blogdajuliska.com.br