A Coletânea Dez Mulheres Potiguares

Chegando a sua 6ª edição,a Coletânea Dez Mulheres Potiguares vai, mais uma vez, homenagear dez mulheres que se destacam na história do Rio Grande do Norte. O lançamento, que também celebra o Dia Internacional da Mulher, ocorrerá no dia 10 de março, às 16h, na Casa do Cordel, que também edita as publicações.

Além de enaltecer estes ícones femininos potiguares e narrar, em versos, seus perfis biográficos, os cordéis também são escritos e ilustrados por mulheres e trazem nas capas as xilogravuras das artistas plásticas Cecília Guimarães, Célia Albuquerque, Mag Revoredo e Nireuda Longobardi.

A coleção, que é destaque no cordel potiguar, esse ano apresenta as seguintes trajetórias:
 

  • Ana de Pontes, fundadora da cidade de Santo Antônio do Salto da Onça/RN, nos versos de Aida Maria; 
  • Clara Castro, que participou da Revolução Pernambucana, na luta pela independência do Brasil, nos versos de Aninha do Totoró; 
  • Diana Fontes, diretora teatral e produtora cultural, nas estrofes de Fátima Guimarães; 
  • Dona Bilia, loiceira de Janduís/RN e cantora da terceira idade, na poética de Dorinha Timóteo; 
  • Francisca do Tapará, principal  liderança indígena do Rio Grande do Norte, no lirismo de Dorinha Rocha; 
  • Jussara Queiroz, pioneira no audiovisual potiguar, na poesia de Neide Costa; 
  • Luzia Dantas, grande escultora, na centralidade dos versos de Eva Salustiano; 
  • Maria de Ferreiro, aluna de Paulo Freire, em Angicos, na campanha “De Pé no Chão Também se Aprende a Ler”, nos versos de Marcelange Brito; 
  • Natalia Mota, neurocientista e psiquiatra premiada pelo projeto que reduz o tempo do diagnóstico de esquizofrenia, pelas rimas de Ana Carla Azevedo;
  • Rosa Regis, premiada cordelista, na métrica de Simone Maria. 


Serviço:

Lançamento da 6ª edição da Coleção de Cordéis Dez Mulheres Potiguares
Quando – Dia 10 de março – às 16h
Onde – Casa do Cordel (Rua Vigário Bartolomeu, 605 – Cidade Alta)
Mais informações: Instagram – @casa.docordel

Foto: Divulgação.