Mansões em navios de cruzeiro

O mercado imobiliário de luxo foi um dos poucos a passar ileso pela pandemia de Covid-19. O isolamento social impulsionou a busca por maior qualidade de vida e consagrou o modelo de trabalho remoto, segundo o qual as pessoas podem ser úteis e ativas em qualquer endereço. Acompanhando os novos ventos, uma modalidade vem ganhando terreno — em alto-mar. São os navios de cruzeiro residenciais, uma proposta que parece absurda à primeira vista, mas que tem seduzido um número crescente de proprietários interessados em singrar os oceanos com suas famílias, e parar de tempos e tempos em portos mundo afora para desfrutar paisagens estonteantes. Pensando bem, a ideia não é tão extravagante assim.

O navio MV Narrative, da empresa Storylines, em construção no Porto de Split, na Croácia, e com viagem inaugural programada para 2024, é a nova sensação desse mercado. Com unidades valendo, no mínimo, o equivalente a 400 000 dólares, mais uma taxa anual que varia de 65 000 a 200 000 dólares para cobrir os serviços de manutenção e alimentação, o condomínio certamente não está ao alcance de todos, mas aparece como alternativa para quem deseja viver em alto-mar.

OPULÊNCIA Casa completa: projeto da biblioteca (à esq.) e um dos quartos do MV Narrative (à dir.) desenhados para atrair quem busca sofisticação longe da terra firme -

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.