‘Sol artificial’

Um reator de fusão nuclear na China estabeleceu um novo recorde de altas temperaturas, sendo cinco vezes mais quente do que o Sol ao libertar calor durante mais de 17 minutos, segundo a Agência de Notícias ‘Xinhua’. O Supercondutor Experimental Avançado Tokamak  (EAST), conhecido como ‘sol artificial’, atingiu temperaturas de 70 milhões de graus Celsius, nas primeiras experiências.

Crédito: Reprodução/Pexels

O Supercondutor Experimental Avançado Tokamak  (EAST), conhecido como ‘sol artificial’, atingiu temperaturas de 70 milhões de graus Celsius (Crédito: Reprodução/Pexels)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.