Turnê virtual do monólogo ‘Cartas Libanesas’ começa sexta (1) em Natal

O projeto “Cartas Libanesas – A Imigração na Formação do Brasil” realiza, entre sexta (1) e domingo (3), uma turnê virtual em Natal com o monólogo “Cartas Libanesas”, transmitido no YouTube.

O espetáculo conta a história de um mascate, através de um ator que resgata suas próprias histórias para refletir sobre a imigração.

O monólogo tem trilha sonora inédita composta por Gregory Slivar e figurino de Fause Haten. Sua narrativa tangencia temas políticos, como a imigração, e os choques culturais que formam o Brasil, mostrando a importância da trajetória de grupos de outras nações na formação do país.

A turnê passará virtualmente por cinco estados do Nordeste, além do Rio de Janeiro, e a estreia acontece no RN.

A distribuição gratuita dos ingressos para o espetáculo está disponível até esta quinta-feira (30), através da plataforma Sympla.

O monólogo

Construído em 2009, a partir de cartas que a avó recebia do avô de Eduardo, com a contribuição de relatos verídicos de outros imigrantes libaneses, o monólogo conta a história de Miguel – um jovem libanês que vem para o Brasil com o intuito de prosperar e voltar à sua terra, onde deixou sua esposa grávida.

Ao mesmo tempo em que se encanta com o Brasil, o personagem precisa enfrentar o preconceito, as dificuldades com a língua e a saudade da família e da terra-mãe. Após anos de sofrimento e trabalho, Miguel decide convencer a mulher a vir morar com ele no novo país.

Turnê virtual do monólogo 'Cartas libanesas' começa sexta (1) em Natal — Foto: Brunno Martins
Turnê virtual do monólogo ‘Cartas libanesas’ começa sexta (1) em Natal — Foto: Brunno Martins

“Em todo trabalho que eu faço, meu grande objetivo é fazer com que ele possa circular. Gosto de ver ele chegar aos mais diferentes públicos, inclusive visando sair do eixo Rio – São Paulo. Infelizmente uma pandemia mundial inviabilizou essa circulação presencial mas, assim como toda a classe artística, fomos desafiados a arranjar formas de seguir. Essa versão de ‘Cartas Libanesas’ online é uma resposta a isso, criando uma obra totalmente inédita e tão potente quanto”, conta Daniel.

Workshop

Além do monólogo, a turnê ainda vai realizar, das 14h às 17h desta quinta-feira (30), o Workshop “O ator contador de suas memórias”. Podem participar atores e não atores a partir de 18 anos, residentes no RN.

No workshop, o ator Eduardo Mossri relaciona a sua pesquisa no processo de criação do espetáculo “Cartas Libanesas” para promover o resgate de histórias pessoais e a escrita dramática, como estímulo do imaginário pessoal e criativo do ator.

A ideia é compartilhar com estudantes, atores profissionais ou não profissionais, dinâmicas, jogos e técnicas pré-expressivas, que possam contribuir na reflexão de suas próprias experiências, memórias e ancestralidade, como um dos caminhos no fazer teatral. As inscrições já foram encerradas.

Imigrantes libaneses no Brasil

A comunidade libanesa que vive no Brasil, formada em sua maioria por descendentes, é maior do que a própria população do Líbano. São quase 10 milhões de libaneses e descendentes em território brasileiro, e 3,5 milhões no país do oeste asiático.

Em 2020, o início oficial da imigração árabe no Brasil completou 140 anos. Muitos se tornaram figuras emblemáticas de grande importância na sociedade brasileira, com forte representatividade no comércio, na indústria, na medicina, na política e na cultura.

Programação

Quinta-feira (30):

Workshop “Ator Contador de suas Memórias”

  • Horário: das 14h às 17h
  • Plataforma: Zoom

Sexta (1), sábado (2) e domingo (3):

Com infos do G1/RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *