16º Troféu Cultura celebra noite dedicada a homenagens

A 16ª edição do Troféu Cultura premiou a cultura e seus fazedores na noite deste domingo (22), além de diversas homenagens. Mesmo sem a presença do público para manter a prevenção contra a Covid, a transmissão ao vivo pelo youtube mostrou uma produção caprichada apesar do pouco tempo para montar o espetáculo e da dificuldade de patrocínios neste ano.
 
Pedro Mendes recebeu três troféus: uma homenagem aos 40 anos da canção ‘Linda Baby’, interpretada ao vivo com a presença inédita de Pedrinho no palco do Teatro Riachuelo; outro pelo conjunto da obra, criado este ano, e ainda o troféu na categoria Melhor Cantor, escolhido pelo público.
 
As tradicionais homenagens em vida e em memória foram para a cantora Terezinha de Jesus, com VT com resumo de sua carreira exibido durante a transmissão, e para o saudoso dramaturgo e escritor Junior Dalberto. Outros nomes relevantes da arte potiguar que nos deixaram nos últimos anos também foram lembrados.


 
Das apresentações ao vivo, além de Pedro Mendes, subiram ao palco Vic Cabulosa, Carmen Pradella e Levi Ribeiro, Viviane Sagres, Samara Alves, Lee Araújo e o performer Clenor Junior em número circense, e ainda o cerimonialista da noite, Isaque Galvão, interpretando canção de Glorinha Oliveira.
 
Espetáculos de dança rechearam a noite com as presenças da Escola de Dança do Teatro Alberto Maranhão, o Grupo Araruna de Danças Folclóricas, o Balé Municipal de Natal e a Cia de Dança Xaxado de Parnamirim. Também foram lembrados nomes de empresas, pessoas e instituições que se destacaram no apoio à educação e à cultura do Estado.
 
Idealizador da premiação, Toinho Silveira conclamou não só o poder público, mas a iniciativa privada um olhar mais apurado à economia criativa. “Apoiar a cultura não é só papel do poder público, mas do cidadão. E não só para prestigiar o talento, a are, mas agregar valor à marca e estimular toda uma cadeira que movimenta a economia do Estado”, disse.
 
O sistema de votação aos premiados nas 13 categorias contou com mais de 18 mil votos. A seguir, confiram os vencedores (em negrito) e as homenagens nas demais premiações do Troféu Cultura:

Abaixo, as categorias e os premiados do 16º Troféu Cultura:

PRODUTOR CULTURAL

– Carol Carvalho

– Haylene Dantas

– Keila Sena

– Mykaell Bandeira

– Arlindo Bezerra

LITERATURA

– # Nísia Floresta Presente: uma brasileira ilustre – Constância Lima Duarte

– “2020” (romance) – David de Medeiros Leite

– “Antonio de Souza (Polycarpo Feitosa) uma biografia” (biografia) – Manoel Onofre Jr.

– “De Repente a vida acaba” – Clotilde Tavares

– “Mulheres Fantásticas” (contos) – Clauder Arcanjo

ARTES VISUAIS

André Chacon

Jean Lopes

Novenil Barros – Exposição Permanente MAPA da Cultura (Fev 2019)

Pablo Pinheiro – Projeto ENTES

Sofia Bauchwitz

AUDIOVISUAL

Vai melhorar – Pedro Fiuza

Natureza do Homem – André Santos

Casa com Parede – Denia Cruz

O grande amor de um lobo – Adrianderson Barbosa e Kennel Rogis

Womaneater – Paula Pardilhos

ESPETÁCULO DE DANÇA OU PERFOMANCE

Dançar Álbuns Inteiros – Ficção – Álvaro Dantas

De corpo inteiro – Ariadna Medeiros

Entreaberto – Movidos

Goldfish – Alexandre Américo

Querendo – Entre Nós Coletivo de Criação

ATOR

– Alexandre Muniz – Cia Trapiá

– Guilherme Lucas – Amahl e os visitantes da Noite

– Jeyzon Leonardo – Cia Máscara de Teatro

– Dionísio do Apodi

– Romero Oliveira – Cia Pão Doce de Teatro

ATRIZ

– Alice Carvalho – Septo

– Ana Carla Azevedo – Chuva de Bala no País de Mossoró

– Fernanda Cunha – A Tragédia Mais Insignificante do Mundo

– Joriana Pontes – Montando a Palhaçaria

– Quitéria Kelly – Malhação

ESPETÁCULO DE TEATRO

– A Frasqueira de Jacy (Grupo Carmin)

– Amahl, e os visitantes da Noite – OSRN (Arena das Dunas)

– A Tragédia Mais Insignificante do Mundo (Teatro das Cabras)

– Chico Jararaca (Cia Trapiá)

– Montando a Palhaçaria (Cia. Bagana de Teatro)

BANDAS

– Camarones Orquestra Guitarrística

– Luaz

– Luisa e os Alquimistas

– Nação Zamberacatu

– Ribeira Boêmia

CANTORES

– Cazasuja

– Eliano

– MagodaSilva

– Mariano Tavares

– Pedro Mendes

CANTORAS

– Clara Pinheiro

– Deusa do Forró

– Luísa Nascin

– Pretta Soul

– Samara Alves

SHOWS

– Clara – Pôr do Som

– Recital “Isadora & Oriano – Isadora Rezende

– Tributo à Núbia Lafayette – Dodora Cardoso

– Trilhas de Cinema – Filarmônica da UFRN (Centro Cultural Adjuto Dias)

– Samba Solidário – Ribeira Boêmia

ARTISTA DO ANO

– Alice Carvalho

– Filipe Toca

– Luisa e os Alquimistas

– Potyguara Bardo

– Quitéria Kelly

OBS: Todos receberão o troféu, premiação em dinheiro e brindes variados em data e local a confirmar ainda esta semana.

CONJUNTO DA OBRA

– Pedro Mendes

MEDALHA DJALMA MARINHO

Pessoas e instituições públicas e privadas que apoiam a cultura.

– Fátima Bezerra (governadora)

– Amaury Junior (produtor cultural)

– Jarbas Filho (empresário)

– Rodrigues Neto (diretor da TV Câmara Natal)

– José Lucena (diretor da CDL Natal)

– Amaro Sales (presidente da Fiern)

– Marcelo Queiroz (superintendente da Fecomércio RN)

– Márcio de Lima Dantas (professor da UFRN e poeta)

– Humana Saúde

– Márcio Caíres Vaconcelos (diretor presidente da Cosern)

PRÊMIO CIDADE CULTURAL

Gestores que apoiam a cultura em seus municípios.

– Paulo Emídio (São Gonçalo do Amarante)

– Allyson Bezerra (Mossoró)

– Alvaro Dias (Natal)

– Hosanira Galvão (Goianinha)

– Gustavo Soares (Assu)

TROFÉU NOILDE RAMALHO

Pessoas e instituições de destaque no apoio à educação.

– Vera Lúcia Gonçalves Reis (professora)

– Centro Estadual de Educação Profissional Lourdinha Guerra

– Escola Estadual de Tempo Integral Dr. Manoel Dantas

– Instituto Legislativo Potiguar

– Senac RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *